terça-feira, maio 29, 2007

Vícios

O vício, à semelhança da virtude, é um hábito. Só que, ao contrário da virtude, caracteriza uma disposição estável para a prática de algum “mal”. Assim, por exemplo, fumar é um vício, caracterizado pelo hábito de fumar, considerado prejudicial à saúde...
Existem vícios de todas as espécies e feitios, até os inimagináveis!

Um dos vícios de muitas pessoas é o da informática (ou não estariam a ler este post, nem eu a escrevê-lo!), mas quando se alia o vício do tabaco ao da informática podemos chegar ao cúmulo de situações identicas à da figura...


...eu, graças a ...mim e a uns "autocolantes" (não percebo o porquê da designação de autocolante se sou eu que os colo. Deveriam chamar-se sim de heterocolantes!), já deixei o tabaco...

2 comentários:

Anónimo disse...

Será que a foto foi tirada na altura em que alguém fumava?
Estou a brincar.
De qualquer modo, está bem visto...

HD

Pedras nos olhos disse...

Fez bem em deixar o cigarro é que em cada oito minutos que passa MORRE um PORTUGUÊS, vítima de cancro provocado pelo TABACO, sabia??

Manuel Gouveia

UK